• slide1.png
  • slide3.png
  • top_slider_midas.png

Desde o dia 01/03/2019 está em operação um novo sistema de emissão de Nota Fiscal Eletrônica de Serviço na cidade de Ariquemes - RO.

Para acessar a versão web do sistema basta acessar o site oficial da prefeitura e acessar o menu "Empresas" - "Nota Fiscal Eletrônica". Clique aqui para ser direcionado automaticamente.

Para acesso é necessário informar usuário e senha, informe no campo usuário o CNPJ da empresa e no campo senha os oito primeiros dígitos do CNPJ. Será necessário trocar a senha no primeiro acesso ou no máximo até o dia 11/03/2019.

O novo sistema é denominado "Fiorilli" e as notas emitidas no sistema anterior foram migradas automaticamente para o novo.

Não é necessário o encerramento da competência no fim do mês, a competência é encerrada automaticamente.

Para configurar a emissão da NFS-e pelo MIDAS, via webservice:

- Certifique-se de que está usando a última versão do MIDAS.

- Acesse o menu Manutenção - Parâmetros, localize a guia "Fiscal" e clique na aba "NFS-e - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica ".

- Informe usuário e senha configurados via site.

Feita essa configuração, está resolvido. A forma de emissão da NFS-e pelo MIDAS continua igual à anterior.

Nossa equipe de suporte está à disposição para qualquer dúvida ou esclarecimento.

 

No domingo, dia 20 de janeiro de 2019, das 07:00 às 09:00, será realizada uma parada técnica nos sistemas de autorização de Nota Fiscal Eletrônica a Consumidor (NFC-e) da Sefaz-Virtual do Rio Grande do Sul (SVRS).

A indisponibilidade se dará em todos os serviços da NFC-e, de autorização e relacionados, afetando os contribuintes de todos os Estados atendidos pela SVRS (AC, AL, AP, BA, DF, ES, MA, PA, PB, PE, PI, RJ, RN, RO, RR, SE e TO).

Durante o período da indisponibilidade, as NFC-e deverão ser emitidas na modalidade de contingência, devendo ser transmitidas para autorização logo após o término da parada programada e reativação do ambiente autorizador.

Fonte: http://nfce.encat.org/atencao-parada-programada-no-ambiente-de-autorizacao-da-nfc-e-na-svrs/

O AJUSTE SINIEF 16/18, publicado em 31 de Outubro de 2018, trouxe alterações na consulta pública da NFe pela chave de acesso, a partir de 01/01/2019.

A partir dessa data, para realizar a consulta da nota pelo portal nacional, ou pelo portal da SEFAZ da UF do emitente da nota, será necessário informar o certificado digital ou acesso identificado do interessado.

A identificação da consulta deverá conter o CPF ou CNPJ de um dos autorizados a visualizar os dados do documento, como o emitente, destinatário, transportador ou terceiros identificados no documento na tag autXML.

O AJUSTE SINIEF 17/18 traz alteração similar, também para o CTe.

Para os usuários do MIDAS, havia a opção de download do XML na entrada de nota fiscal, através da consulta pública da chave de acesso. Esse modo de download ainda estava disponível pela opção "Usar método antigo de download do XML na entrada" nos parâmetros, caso marcada, ao fazer a entrada da nota pela chave de acesso seria solicitado o captcha:

Essa opção deixará de funcionar a partir de 01/01/2019, mas o download do XML na entrada de nota fiscal pelo MIDAS não ficará prejudicado.

Caso ainda tenha a opção "Usar método antigo de download do XML na entrada" marcada, será necessário desmarcar, assim o download do XML será feito por meio do webservice de distribuição de documentos fiscais, baixando o XML com valor legal, automaticamente.

Para qualquer esclarecimento, estamos à disposição.

Baixe a versão de teste

Experimente o Midas com todas suas funcionalidades por 30 dias. É gratis!